Polícia

Bandido é morto após fazer mulher refém em farmácia no Rio

Um bandido foi morto depois que fez uma mulher refém em uma farmácia da Rua Pereira Nunes, na Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, o criminoso teria roubado um carro e, na fuga, entrou na farmácia e fez a dona do estabelecimento de escudo, ameaçando-a com uma granada.

O crime aconteceu no fim da manhã desta sexta-feira. Segundo testemunhas, o ladrão já estava na farmácia, quando os policiais chegaram. A dona da farmácia foi feita refém, e os funcionários conseguiram sair. O bandido estava com uma granada. Policiais e bombeiros cercaram o local.

O comandante do Batalhão da Tijuca, Fernando Príncipe Martins, afirmou que o bandido chegou a ameaçar os policiais dizendo que iria arremessar uma granada.

Segundo a polícia, depois de uma hora de negociação, o bandido saiu da farmácia com a refém e andou alguns metros. Um atirador de elite do 6º BPM (Tijuca) estava no último andar do prédio ao lado, aproveitou o momento em que a refém desmaiou e fez um disparo de fuzil. O bandido foi baleado na cabeça e morreu a caminho do hospital.

A dona da farmácia foi levada para a o Hospital do Andaraí. O tráfego foi interditado na rua durante a ação. Moradores da região aplaudiram os policiais depois que o assalto terminou e a vítima foi libertada.

To Top
%d blogueiros gostam disto: