Polícia

Briga entre PMs de Feira repercute em todo o Estado

O vídeo que mostra o soldado Carlos Souza da Anunciação, da Polícia Militar, sendo preso por desacato a um tenente da corporação em frente ao Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana, já foi assistido no YoutTube por mais de 11 mil pessoas.

Nas imagens, gravadas por uma câmera de aparelho celular, o agente se desentende com os superiores e recebe voz de prisão. “Abra sua boca e me diga: você está preso”, desafiou o PM.  Um oficial chega a sacar a arma para obrigar o policial a deixar o plantão e ser conduzido até a Corregedoria. “Você está preso em flagrante por desacato”, declarou o tenente.

A Polícia Militar publicou na quinta-feira (15) uma nota oficial sobre o caso. No texto, a corporação informa que o soldado já responde a mais três processos administrativos, acusado de “agredir moralmente duas pessoas” e de ter “invadido um consultório odontológico”.

Leia a nota oficial da PM:

Com relação ao vídeo veiculado no Youtube que mostra um soldado da PMBA sendo preso por desacato, em frente ao Estádio Jóia da Princesa em Feira de Santana, a Polícia Militar informa que a prisão ocorreu no dia 09 de agosto de 2009, sendo o policial militar o Sd PM Carlos Souza da Anunciação, lotado no 1º BPM/Feira de Santana, o mesmo permaneceu preso à disposição da Auditória Militar no 1º BPM até o dia 25 de agosto de 2009, sendo transferido nesta data para a Coordenação de Custódia Provisória, localizada no Batalhão de Choque em Lauro de Freitas, e no dia 01 de setembro de 2009, foi solto por determinação do Juiz Auditor Militar.

Além deste fato, cujo processo está sob a responsabilidade da Auditória Militar, o soldado Carlos responde a mais três processos administrativos por ter sido acusado de agredir moralmente duas pessoas e ter invadido um consultório odontológico.

Para todos os fatos a PM adotou os procedimentos legais exigidos, que envolve análise das circunstâncias, apuração dos procedimentos técnicos adotados na prisão, além de oportunizar ao acusado a ampla defesa e o contraditório.

No presente momento, o policial militar cumpre expediente administrativo no 1º BPM, enquanto as apurações estão em andamento.

Hélio Alves Gondim – Ten Cel PM

Diretor Adjunto do DCS

To Top
%d blogueiros gostam disto: