Política

César Borges diz que debate ideológico do pré-sal prejudica o país

O senador César Borges (PR-BA) alertou hoje (21) no Senado que o debate ideológico na defesa do controle do pré-sal pelo Estado ou pela indústria do petróleo pode prejudicar a Petrobrás ou o próprio país.

Sua avaliação foi feita na audiência pública sobre o marco regulatório do pré-sal realizado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Um dos convidados do evento foi o ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, que apoiou a declaração de César Borges.

Para o senador César Borges, há um fundo ideológico na discussão sobre o controle do pré-sal pelo Estado ou pela indústria do petróleo, ou ainda sobre a mudança no modelo de exploração. “Se há desejo de se mudar a regra do jogo para a partilha, é porque há um interesse ideológico por trás dessa posição”, avaliou. Ele também criticou a participação obrigatória de 30% da Petrobras em todos os consórcios de exploração, mesmo onde não houver interesse econômico.

Em resposta ao senador César Borges, o ex-ministro Maílson da Nóbrega afirmou que “talvez nessa discussão tenha mesmo um fundo ideológico”. Segundo ele, não se está questiona a participação do Estado na exploração e produção do petróleo do pré-sal. “O ponto é saber como será a participação, se por meio de regulação ou por intervenção direta na exploração”, ponderou. Ele lembrou que a liberalização do setor do açúcar aumentou as exportações, e não o contrário.

To Top
%d blogueiros gostam disto: