Polícia

Ciganos são presos com arsenal em Camaçari

Eles estavam sendo investigados desde que se envolveram em uma briga após uma festa de casamento.

Oito armas de fogo, entre pistolas e revólveres, além de farta munição, foram apreendidas na última quarta-feira, 21, em duas residências situadas nos bairros Gleba H e Jardim Limoeiro, em Camaçari, durante uma operação realizada por policiais da 18ª Delegacia (Camaçari), com o apoio da Polícia Militar. Os ciganos Sidnei Marques e Diogo Almeida da Silva, proprietários das armas, foram presos.

O grupo de ciganos, ao qual Sidnei e Diogo pertencem, vinha sendo investigado pela polícia desde que se envolveu em uma briga, ao retornar de um casamento, há cerca de 20 dias. A confusão terminou em tiroteio dentro de um bar, no bairro do Alto da Santa Cruz, em Camaçari.

Na ocasião, o cigano Marcos Peixoto foi preso em flagrante com um rifle de calibre 38. Jutaí Gama Marques, 45 anos, foi alvejado em uma das pernas, sendo atendido no Hospital Geral de Camaçari. Os outros envolvidos na briga fugiram do local e abandonaram três veículos.

Flagrante

Ao abordarem o mesmo grupo de ciganos, que participava de outra festa de casamento, investigadores da 18ª CP flagraram Sidnei e Diogo armados. Na casa de Diogo, no bairro Gleba H, foram encontrados três revólveres de calibre 38, uma pistola de calibre 635 e outra de calibre 380.

Já na residência de Sidnei Marques, no Jardim Limoeiro, os policiais apreenderam uma pistola, dois revólveres, além de dois carregadores de calibre 380, e um de calibre 635. A dupla foi autuada em flagrante por porte ilegal de arma pelo delegado titular, Clayton Leão.

Com informações da SPP-BA.

To Top
%d blogueiros gostam disto: