Política

PMDB prefere candidatura própria

O PMDB traz pendurado no portal que mantém na internet um retrato de sua divisão. A fotografia tem a forma de uma enquete.

Os filiados do partido foram instados a se manifestar nos seguintes termos: “Nas eleições de 2010, para a Presidência da República, o PMDB deve:”

Eis o resultado:

Ter candidatura própria: 41,16% (1.873 votantes)

Apoiar candidatura do PT: 39,9% (1.816 votos)

Apoiar candidatura do PSDB: 13,29% (605)

Liberar as bases para apoiar quem quiserem: 5,65% (257)

Considerando-se esses dados, o partido ignorou a vontade de seus filiados ao firmar o pré-acordo de cúpula que prevê o apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT).

No cálculo mais açucarado, o apoio a Dilma perde para a candidatura própria por 41,16% a 39,9%. Empate técnico, dirão os mais otimistas.

A conta fica apimentada, porém, quando a opção por Dilma é confrontada com a soma das opiniões de todos os que disseram na sondagem que desejam coisa diferente.

Juntando-se os 41,16% da candidatura própria, os 13,29% de apoio ao PSDB e os 5,65% que preferem a liberação das bases, chega-se a 60,1%.

É nesse conjunto de números que se escora o presidente do PMDB-SP, Orestes Quércia, fechado com José Serra (PSDB), para dizer que o partido “não vai entregar a mercadoria” que sua cúpula promete a Lula.

É nessa onda que surfa também o governador pemedebê do Paraná, Roberto Requião. Ele passou a defender a candidatura própria do PMDB.

Para entregar a “mercadoria” a Lula, o grupo liderado pelo presidente da Câmara, Michel Temer (SP), mira na convenção nacional do partido.

Composto por delegados eleitos pelos diretórios estaduais do PMDB, o colegiado se reúne em junho de 2010.

Sem revelar números, a turma de Temer diz que já dispõe de maioria na convenção. Para evitar surpresas, cobra pressa do PT.

O partido de Lula demora-se a fechar com o PMDB os acordos estaduais que vão solidificar a suposta maioria pró-Dilma na convenção.

Agendou-se para esta quarta-feira (4), em Brasília, um encontro de dirigentes das duas legendas para tentar jogar água nos Estados que ainda fervem.

Com informe do Blog do Josias

To Top
%d blogueiros gostam disto: