Política

Mais um escândalo em Buerarema

Momento político da cidade é complicado, até mesmo o prefeito interino está com envolvimento suspeito em esquema de desvio de dinheiro.

A Câmara de Vereadores de Buerarema começa a discutir, amanhã, a instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) contra o prefeito interino Eudes Bonfim (PR). Apesar do gestor ter assumido o município no dia 30 de julho, meteu o pé na jaca e vem sendo acusado de cometer um mar de irregularidades administrativas e atos de corrupção.

O mais incrível deles dá conta de uma folha de pagamento fantasma. Servidores foram demitidos entre julho e setembro, mas seus nomes ainda constam na folha. Pior: alguém sacou por eles – pagamento em espécie, e não em cheque como de costume no município.

A denúncia chegou às mãos da presidência da Câmara de Vereadores. Fala-se na existência de 100 nomes utilizados no esquema. A investigação vai determinar qual o destino desse dinheiro, já que os servidores demitidos alegam que nada receberam no período e foram surpreendidos com a informação.

Definitivamente, Buerarema, a velha Macuco, não dá sorte com os seus administradores. E no meio desta turbulência toda, a cidade ainda espera que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) defina qual o dia da eleição complementar que vai definir o novo prefeito. Eudes assumiu o cargo, interinamente, em julho, após a queda do prefeito eleito Mardes Monteiro (PT).

Com informações do Pimenta na Muqueca

To Top
%d blogueiros gostam disto: