Política

Souto faz mais um périplo pelo interior

O ex-governador e atual presidente do Democratas, Paulo Souto, aproveitou o final de semana para realizar mais um périplo pelo interior do estado para visitar as suas bases eleitorais.

Pré-candidato ao governo baiano em 2010, o democrata começou o seu giro por Feira de Santana, onde esteve na quinta-feira participando de inaugurações ao lado do prefeito Tarcizio Pimenta, do ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, do deputado federal ACM Neto e de diversas outras lideranças estaduais e municipais.

Na sexta-feira (27) Paulo Souto viajou para o município de Prado, onde abonou a ficha de filiação de André Pedrosa ao Democratas. Pedrosa é serventuário da Justiça e até o primeiro semestre deste ano pertencia ao PT. Segundo informações da assessoria de Souto, ele deixou a legenda petista após muitos anos por apostar que o projeto do democrata é melhor para a Bahia. Considerado uma das principais lideranças políticas locais, Pedrosa foi indicado por Souto para presidir o Democratas no município.

Souto recebeu também o apoio dos pais do deputado estadual Ronaldo Carletto (PP), da base governista, que fizeram questão de comparecer ao encontro dos oposicionistas após o surgimento do “Caso Agerba”. O evento reuniu os deputados federais José Carlos Aleluia, Luiz Carreira e Fábio Souto, os estaduais Heraldo Rocha e Sandro Régis, e o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho.

O prefeito de Guanambi, Nilo Coelho, cada vez mais presente na pré-campanha de Paulo Souto, também participou dos encontros do Extremo-sul, que teve como principal destaque uma reunião com lideranças do DEM, PSDB e de outros partidos da região.

No sábado, a comitiva esteve em Itapetinga, onde os oposicionistas cumpriram uma programação durante todo o dia, com destaque para o encontro com lideranças políticas no início da noite, na Câmara de Vereadores. O grupo aproveitou também para visitar as instalações da Azaléia, indústria de calçados implantada no município durante o governo Paulo Souto e que gera mais de 10 mil empregos diretos na região.

“É pena que o atual governo não tenha se empenhado para trazer indústrias com empregos importantes como estes para o interior da Bahia. Faltou vontade de lutar para que a Bahia continuasse o seu papel de líder do desenvolvimento do Nordeste”, disse Souto nas instalações da Azaléia, em Itapetinga. Ontem Souto esteve em Paripiranga para participar da Festa de Nossa Senhora do Patrocínio, padroeira do município.

 

Por Evandro Matos

To Top
%d blogueiros gostam disto: