Política

Confusão marca eleição da Câmara de Quixabeira

A Emenda nº 01/09 que revisa a Lei Orgânica do Município de Quixabeira, foi aprovada em 1º turno na noite desta terça-feira (01/12), pelos vereadores presentes. Agora, a emenda ficará na casa por 10 dias, aguardando o tempo regimental, para assim, ser votada em 2º turno, marcado para o dia 15/12.

No texto apresentado pela Comissão Especial, veda no art. 29, a reeleição para presidente da Mesa Diretora, porém, o vereador e presidente da casa Juceli Barbosa apresentou uma subemenda permitindo a reeleição do presidente. A matéria foi bastante discutida, deixando os vereadores divididos.

Com discursos inflamados, sempre prezando pela ética e pelo medo de retornar no futuro presidentes que utilize do cargo, para forçar uma reeleição com prática desleais e desrespeitosas, os vereadores Luiz Félix, Dourenilson Firme e Erilberto Lima afirmaram serem contrários à reeleição. No uso da palavra, o vereador Valdemar Moreira e a Vereadora Lucilia Moura também se manifestaram contrários.

O vereador Aécio, membro da comissão revisional que assinou texto contrário à reeleição, mudou de idéia poucas horas antes da sessão e votou a favor, decepcionando os demais membros com sua atitude inesperada. A subemenda foi colocada em votação juntamente com a emenda revisional, sendo rejeitada por 5 fotos a 3.

Votaram contra a subemenda os vereadores, Valdemar, Luiz Felix, Erilberto, Dourenilson e Lucilia e a favor, Aécio, Lourival e Edelvan. O procurador da Câmara Dr. Tarcisio Andrade falou que a matéria foi aprovada sem a reeleição, pois, segundo ele, seria preciso 6 votos contrários para derrubar a subemenda, caso contestado por alguns vereadores.

Com informações do Noticia Livre

To Top
%d blogueiros gostam disto: