Educação

PF vai investigar responsáveis pelo gabarito falso do Enem

O Ministério da Educação (MEC) acionou a Polícia Federal para que investigue a divulgação de um gabarito falso do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na internet.

O gabarito falso circulava desde ontem (3) no Twitter e em um fórum de discussão na rede. Ao tomar conhecimento, o MEC imediatamente informou que o gabarito era falso. O Enem será aplicado neste fim de semana a 4,1 milhões de candidatos.

O exame estava marcado para os dias 3 e 4 de outubro, mas teve que ser adiado depois que funcionários do consórcio responsável pela produção e distribuição das provas roubaram alguns exemplares da gráfica que imprimia o material, em São Paulo.

Polícias dos 27 estados e militares do Exército, da Marinha e Aeronáutica, além da Polícia Federal participam do esquema de segurança para evitar novas fraudes. Segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad, todas as medidas recomendadas pela PF foram acatadas.

“A Polícia Federal acompanhou todo o processo e fez muitas recomendações de ponta a ponta. Desde a saída do disquete dos cofres do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) até o recolhimento das folhas de resposta, tudo passou por uma revista. Todo o investimento foi feito e não se economizou um centavo”, afirmou o ministro Fernando Haddad. 

To Top
%d blogueiros gostam disto: