Cultura

Artistas cachoeiranos se apresentam na Feira Preta Cultural em São Paulo

O Grupo Gêge Nagô de Cachoeira, cidade histórica e Monumento Nacional, no Recôncavo baiano, estará se apresentando na VIII Edição da Feira Preta Cultural, que acontece no dia 13 de dezembro, no Anhembi, em São Paulo.

O evento que reúne diversas manifestações culturais brasileiras é promovido pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. O grupo Gêge Nagô participa com o apoio do Ministério da Cultura.

Na capital paulista, o Gêge Nagô também fará um show no espaço cultural do Instituto Identidade Brasil, no dia 12 de dezembro. Foi em meio aos ritmos da Irmandade da Boa Morte e dos ritos, sabores e odores que emanaram da velha Cachoeira histórica que surgiu o Gêge Nagô.

Herdeiros da tradição africana, percorrem o caminho da musicalidade dos lendários e saudosos Tincõas que entre as décadas de sessenta e oitenta foram responsáveis por uma das mais originais produções sonoras, fruto da música colhida nos coros da Igreja Matriz e nos cânticos dos terreiros de candomblé.

Um coral africano. É com esse estilo que se assemelha o grupo Gêge Nagô, que recria o estilo musical afro-barroco, difundido por Mateus Aleluia, ex-integrante dos Tincoãs. O seu primeiro CD (Gêge Nagô – Musiroots) traduz os cantos e ritmos das senzalas em seus momentos de folguedo (sambas-de-roda) e também em seus momentos ritualísticos (candomblé), deixando à mostra os cantos oriundos do compêndio de música católica e do popular domínio cristão, pondo dentro do entendimento espontâneo sacro profano popular da Bahia, todo um sincretismo cultural religioso, revelado de maneira brilhante em suas músicas.

O Grupo Gêge Nagô, que em cinco anos de existência tem um vasto currículo de apresentações em eventos culturais, tradicionais e religiosos tanto em sua cidade de origem como em todo território brasileiro, já tem proposta de show fora do país: comporá a delegação baiana no III Festival Mundial de Artes Negras em Dakar, no Senegal, de onde segue em turnê africana com o show “Origens”.

Depois de abrir o 2º Fórum Caravana do Esporte e da Música ESPN, em Aracaju, no último dia 6, participou do Dia da Consciência Negra, no Largo do Pelourinho, em Salvador, e se prepara para estar novamente no Carnaval da capital baiana, desta vez num trio com convidados.

Por Alzira Costa – de Cachoeira

To Top
%d blogueiros gostam disto: