História

Fiéis comemoram dia de Santa Bárbara em Feira de Santana

A tradição do caruru de Santa Bárbara permanece viva entre muitos devotos em Feira de Santana. Um prova disso foi o movimento registrado na manhã desta sexta-feira (4), no Centro de Abastecimento, onde não faltaram fé, devoção, procissão e muito caruru para comemorar o dia de Santa Bárbara para os católicos e Iansã para os adeptos do candomblé.

O prefeito Tarcízio Pimenta participou da missa campal, celebrada pelo padre Miguel Francisco, da Paróquia Senhor dos Passos, e, após as bênçãos, acompanhou a procissão com as imagens de Santa Bárbara e São Jerônimo. O cortejo percorreu parte das dependências e a rua em frente ao Centro de Abastecimento, sendo saudada com fogos de artifício.

Ao final, o prefeito Tarcízio Pimenta levou um banho com água de cheiro distribuído pelas baianas que participaram do “Fico feliz pela participação maciça e efusiva do povo feirense mantendo viva a tradição do caruru de Santa Bárbara no Centro de Abastecimento”, observou o prefeito. Cerca de 2 mil pessoas prestigiaram o evento.

Em seguida, começou a ser servido o caruru preparado com mais de seis mil quiabos, 400 quilos de galinha, 40 quilos de arroz, 60 quilos de farinha de camarão, 10 quilos de camarão seco, 20 litros de azeite de dendê, mais outras dezenas de litros de castanhas, pedaços generosos de gengibre, quilos e mais quilos de feijão fradinho.

Foi a 34ª edição da festa, organizada por feirantes e a administração do Centro de Abastecimento. Segundo a liturgia católica, Santa Bárbara era uma adolescente de 15 anos muito bela e cheia de personalidade. Quando viajava, seu pai a trancava na torre para que ela não arranjasse pretendentes, pois queria ganhar um belo dote casando-a com um homem rico.

To Top
%d blogueiros gostam disto: