Educação

Universitário ameaça professor em Itabuna

Um aluno da disciplina Direito Constitucional, da FTC de Itabuna, ameaçou o professor Belcorígenes Júnior, após receber uma nota baixa.

Diante da gravidade da intimidação, o professor mudou de residência para garantir a proteção de sua família, constituída pela esposa e uma filha. Durante a contestação da nota, o universitário alegou que era esposo de uma promotora de justiça e parente de um delegado de polícia para exigir que o professor refizesse a avaliação para que ele fosse aprovado na disciplina. O professor não reconsiderou a avaliação.

O educador foi aconselhado a não prestar queixa, devido aos laços do estudante com o “aparato estatal”. O professor ameaçado é membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA. Ainda no contato com os seus alunos, também colegas do “marido de promotora de justiça”, Belcorígenes revela estar receoso, mas afirma que seguirá o seu rumo, ministrando aula e aplicando as provas finais da faculdade.

Com informações do Pimenta na Muqueca

To Top
%d blogueiros gostam disto: