Polícia

Irará – Homem mata primo a cacetadas e divide corpo a machadadas

Marcio dos Santos, o “Marcinho”, 29 anos, que foi preso na noite da última segunda-feira (14), numa operação conjunta entre policiais civis e militares da cidade de Irara, comandada pelo delegado José Carlos das Neves. Ele é acusado de assassinar brutalmente no último sábado (12) o motoboy José Andrade Cerqueira Alves, de 39 anos.

José Andrade foi brutalmente assassinado a machadadas e cacetadas, tendo ainda o corpo dividido ao meio, com golpes de machado, e os pedaços jogados dentro de uma cisterna.

O acusado foi preso e alegou em depoimento que matou o primo por ciúmes da amizade da vítima com uma menor, que o acusado queria namorar. José Carlos teria procurado o seu primo pra conversar, quando ocorreu um desentendimento. Ainda segundo o acusado, “a vítima passou a fazer diversas ameaças de morte”.

O delegado José Carlos das Neves declarou que “Marcinho disse também que no dia do crime aguardou a vítima chegar à residência, já que a mesma fazia uso de bebidas alcoólicas em um bar na localidade da Fazenda de Murici. Então, ele se armou com um pau e um machado e, quando a vítima apareceu, ele a assassinou”.

Moradores da localidade de Murici, que deram pelo desaparecimento de José Andrade, viram marcas de sangue no local do crime e, na segunda-feira, perceberam que Marcio dos Santos planejava fugir. Imediatamente ligaram para a polícia, que compareceu ao local e conseguiu prender o acusado dentro de uma Van que seguia para Feira de Santana.

Revolta

Familiares, amigos e colegas do motoboy José Andrade foram até a Delegacia Pública de Santanópolis e ameaçaram invadir para linchar o acusado, mas o delegado José Carlos das Neves entrou em contato com a Polícia Militar de Serrinha para reforçar o policiamento na cidade.

Depois da chegada do reforço, o delegado transferiu o acusado para a Delegacia Pública de Irará (aproximadamente 50 Km de Feira de Santana), onde ele foi autuado em flagrante por homicídio triplamente qualificado (Márcio premeditou, executou e ocultou o corpo do primo).

Fonte: Rota Policial

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: