Polícia

Lauro de Freitas- Estudante de Direito é presa com quadrilha de roubo de carros

Quem via a estudante Fernanda de Matos Caldas, 24 anos, nas classes de Direito na faculdade Unime não poderia suspeitar que sua relação com o crime ia além dos livros.

Na tarde de terça-feira (15), enquanto dirigia pelo centro de Lauro de Freitas num Voyage preto de placa clonada (JSQ-8138), Fernanda teve sua primeira aula prática sobre o preço de infringir as leis. A estudante foi presa em flagrante na companhia do namorado, Idelfonso Vieira Caminha Neto, 19 anos, o “Fla”, que já era investigado pela polícia por envolvimento com tráfico.

A prisão revelou uma quadrilha especializada em roubo de veículos, responsável pela interceptação direta de pelo menos 40 carros em Salvador, segundo informações da 23ª Delegacia de Polícia (Lauro de Freitas), que apura o caso. Segundo o delegado titular Cláudio Meirelles, as investigações começaram há dois meses,quando a ida e vinda do Voyage preto dirigido pela loira começou a levantar suspeitas na região.

Numa operação que começou às 14h de terça- feira e seguiu até a madrugada de quarta, policiais prenderam em flagrante seis membros do bando, mas dois continuam foragidos. Dois revólveres calibre 32 e 38 foram apreendidos.

Na quarta-feira (16), na delegacia, camisa de grife e livre das algemas que uniam os comparsas, Fernanda era um elemento que destoava da cena. Garota de classe média alta, a estudante, que estava atualmente com a matrícula trancada, morava há mais de cinco anos com os pais e a irmã em Vilas do Atlântico.

O olhar distante e a fala atropelada se alternavam com a sucessão de versões desmentidas a todo tempo pelos investigadores. “Fla nunca foi meu namorado, ele era apenas um amigo. A gente saía para fumar maconha juntos, e eu juro que nem conhecia o restante do grupo”, alegou ela, entre lágrimas, sem trocar olhares com o companheiro.

Do outro lado da sala, Idelfonso sorria: “Eu só sei dirigir bicicleta. Deve ser um engano da polícia. Eles (os policiais) são mais perigosos que a gente”, disparou, irônico.

Planejamento


Idelfonso morava num village perto do bairro da Caixa D´água. De acordo com o delegado, era ali que, com a ajuda dos parceiros Rosalvo de Souza, o “Neto”, Aelson França, “Fofo”, Jackson Bonfim, vulgo “Jaquinho”, outros dois elementos foragidos e o menor apreendido na operação, “Fla” escondia o Voyage que usava para abordar suas vítimas.

A estrutura do bando impressionou os policiais. “Eles trabalhavam em grupos e se organizavam em escalas de trabalho. Por isso, nunca eram vistos juntos”, revelou um investigador. Segundo ele, a estudante usava o carro nas abordagens e alertava o restante do bando para o caso de uma barreira policial. A habilitação regular e a aparência afastavam as suspeitas.

10 a 15 anos

Na terça, a polícia finalmente fechou o cerco e abordou Fernanda e Idelfonso no centro de Lauro de Freitas. Com eles, foi apreendido o celular de Idelfonso. Os envolvidos foram enquadrados nos crimes de formação de quadrilha, roubo qualificado e receptação. A pena para esses crimes varia entre 10 a 15 anos de prisão. O menor deve ser encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), em Brotas.

Uno: R$ 1 mil ; Doblô e Hilux: R$ 2, 5 mil

No interrogatório, Idelfonso Vieira confirmou a existência de uma tabela de preços para os carros roubados. De acordo com ele, os valores de revenda variavam entre R$1 mil ( Uno e Gol) a R$2,5 mil (Toyota Hilux e Fiat Doblô).

Na abordagem que prendeu o casal, a polícia interceptou o celular de Idelfonso e com ele teve mais pistas sobre o modo de operação da quadrilha. Em minutos, duas ligações confirmaram uma suspeita que estava sendo investigada há dois meses pela 23ª DP.

De dentro da Penitenciária Lemos Brito, os criminosos Luiz Cláudio, o Feio, e outro conhecido como Peu encomendaram à quadrilha o roubo de outro veículo, dessa vez um Cross Fox.

Com informações do Correio Online

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: