Meio Ambiente

China aceitou fórmula de verificação de reduções de gases-estufa

O presidente americano Barack Obama, o indiano Manmohan Singh, o chinês Weng Jiabao, o sul-africano Jacob Zuma e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acertaram uma fórmula consensual para verificação das ações de mitigação (corte de gases-estufa).

O texto está sendo redigido de uma forma que reflita o consenso, ou seja, o mecanismo de verificação não pode ser considerado invasivo pelos chineses. “Será uma declaração política na forma de uma decisão da COP”, disse o embaixador Sérgio Serra, negociador do Brasil.

 A proposta será levada a plenário. Lá, pode não ser aceita, segundo Serra. Ele considera, no entanto, que há grande chance de que seja, já que concilia o principal ponto de discórdia entre China e EUA.

Não há menção a metas de redução de gases-estufa. “Certamente é um resultado decepcionante”, disse o embaixador Serra.

O principal negociador da China, Xie Zhenhua, afirmou que a COP teve um resultado positivo e que “todos deveriam estar felizes”. Já para o presidente francês, a conferência de Copenhague mostrou os “limites de um esgotado sistema da Organização das Nações Unidas”.

 G1

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: