Política

Rapidinhas – Ridalva Figueiredo derrota Manoel Castro no TCE

A Conselheira Ridalva Correa de Melo Figueiredo foi eleita nesta quinta-feira (17) à tarde presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) para o biênio 2010/2011.

Ela obteve quatro votos, contra três dados ao atual presidente Manoel Castro. Para compor a mesa diretora, foram eleitos ontem também os conselheiros Antônio Honorato de Castro Neto, para a vice-presidência, e Filemon Matos, para a Corregedoria.

Eleição tranquila

A eleição transcorreu num clima de tranquilidade, apesar dos últimos incidentes que vinham acontecendo durante algumas sessões do TCE, notadamente entre os conselheiros Pedro Lino e França Teixeira, que atacava também o presidente Manoel Castro. Mesmo com a eleição secreta, consta que Teixeira votou na chapa vencedora, mantendo as suas posições contrárias à atual administração. Esta situação pode ter contribuído para o enfraquecimento do nome de Castro, que só lançou a sua candidatura na véspera, por isso acabou sem condições para articular a sua reeleição.

Placar repetido

 

O mesmo resultado de quatro votos contra três, que deu a vitória à Ridalva Figueiredo contra Manoel Castro, também foi repetido para a escolha do Vice-Presidente e do Corregedor, o que indica uma repetição dos votos. O conselheiro Filemon Matos, atual Vice-Presidente, venceu a disputa pela Corregedoria contra Zilton Rocha, que não conseguiu se reeleger. A única disputa que não houve reeleição foi pela Vice-Presidência, onde o conselheiro Antônio Honorato conseguiu superar Pedro Lino.

Pedro Lino

 

De acordo com o Dispositivo Regimental, a eleição do TCE é realizada durante a primeira sessão da segunda quinzena de dezembro. Após a eleição de ontem à tarde, que aconteceu logo no início da sessão, a pauta continuou normalmente, uma vez que havia vários projetos em discussão. O Conselheiro Pedro Lino, que está de licença, veio apenas para a eleição. Depois, ele foi embora, sem participar do restante da sessão. 

Primeira mulher

 

A eleição da conselheira Ridalva Figueiredo para comandar o Tribunal de Contas do Estado da Bahia no próximo biênio entrará para a história por ser a primeira vez que o Tribunal estará sob o comando de uma mulher. Ridalva será empossada na Presidência do TCE, juntamente com Antônio Honorato (Vice-Presidência) e Filemon Matos (Corregedoria) na sessão do primeiro dia útil de janeiro do próximo ano, à tarde. 

História e curriculo

A futura presidente do TCE nasceu em 25 de julho de 1943, é licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), tem Especialização em Educação Não Formal pela Michigan-State, patrocinada pela USAID – Estados Unidos, e Especialização em Aperfeiçoamento Técnico Administrativo – Administrador – Projeto Capacitação de Recursos Humanos do MEC/DSU- Brasília /DF.

Cargos no Estado

Ridalva Figueiredo também ocupou cargos na administração estadual, como Secretária do Trabalho e Ação Social do Estado, Superintendente Estadual da Fundação Legião Brasileira de Assistência (LBA/Bahia) e Coordenadora da Coordenação de Defesa Civil do Estado da Bahia (Cordec), entre outros. Ela foi nomeada no cargo de Conselheira em 20.02.2001. Atualmente, Ridalva é Presidente da 1ª Câmara.

Por Evandro Matos

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: