Economia

CBPM celebra convênios com diversos municípios baianos

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral – CBPM assinou, na última quinta-feira (17), vários convênios com municípios baianos através do Projeto Prisma.

Os contratos foram celebrados na sede da empresa, no CAB, entre o presidente Alexandre Brust e os representantes dos municípios contemplados. Todos os convênios têm a interveniência da Secretaria da Indústria Comércio e Mineração, cujo secretário é James Correia.

Com o município de Apuarema foi assinado um convênio para implantação de um Núcleo de Treinamento para a Produção de Material de Pavimentação, no valor de R$ 80.250,00. A CBPM também firmou um convênio com a prefeitura de Ipiaú para instalação de uma Unidade de Britagem no município, no valor de R$113.392,00; com o município de Lafaiete Coutinho foi celebrado convênio para implantação de um Núcleo de Treinamento para a Produção de Material de Pavimentação, no valor de R$75.650,00.

O convênio 006/2009 também foi celebrado entre a CBPM e a Associação Intermunicipal dos Garimpeiros do Médio São Francisco (AGAMESF), do município de Juazeiro, representada pelo presidente, senhor Antonio Cursinho da França Cardoso Neto. O convênio tem o objetivo de implantação de uma Unidade de Joalheria Artesanal neste município, no valor de R$133.854,94.

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral celebrou ainda o convênio 007/2009, com a Associação Beneficente Amigos da América, de Almadina, para implantação de uma Unidade de Britagem naquele município. O convênio foi assinado pelo representante da associação Raimundo Pinheiro de Oliveira e o presidente da CBPM, Alexandre Brust, no valor de R$119.320,00.

De acordo com o atual presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral – CBPM, Alexandre Brust, a última administração da empresa, durante este ano de 2009, havia firmado apenas um convênio. Já a atual gestão, em apenas três meses, celebrou cinco convênios, contemplando municípios como Lafaiete Coutinho, Apuarema, Juazeiro, Almadina e Ipiaú. Além disso, a atual gestão busca valorizar outros projetos da empresa, como o Prisma, e a reativação de outras atividades no interior do estado.  

Por Evandro Matos

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: