Economia

Programa “Minha Casa, Minha Vida ” atinge meta em Feira de Santana

O programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida” atingiu a meta para Feira de Santana de construção de 3.600 unidades habitacionais destinadas às famílias com renda entre zero a três salários mínimos.

Os dois últimos empreendimentos foram assinados dia 11 deste mês e disponibilizam juntos 860 apartamentos, a serem construídas pela R. Carvalho, no prolongamento da avenida Ayrton Senna.

Um dos empreendimentos da R. Carvalho oferece 440 unidades habitacionais e o outro mais 420 unidades habitacionais. Além destes dois, recentemente também foi assinado contrato na cidade com a Cepreng para construção de mais 224 unidades habitacionais, com estrutura de vilage, destinadas a candidatos com renda entre zero a três salários mínimos.

O gerente regional de Construção Civil da Caixa Econômica Federal, José Gilberto Barros Reis, explica que Feira de Santana se destacou no programa inclusive já tendo atingido a cota para construções destinadas à faixa de renda de zero a três salários mínimos. Agora está na expectativa de ampliação do programa para 2010.

A expectativa é tentar conquistar a ampliação do programa para Feira de Santana. A pretensão seria conquistar a liberação de até mais 2.400 unidades habitacionais, resultando assim na construção total de seis mil imóveis do “Minha Casa, Minha Vida” para famílias com renda de zero a três salários mínimos.

As famílias contempladas pagam mensalmente valores correspondentes a 10% da renda familiar pelo imóvel adquirido através do programa habitacional, desenvolvido por meio de parceria entre a Caixa Econômica Federal e o Governo Municipal.

To Top
%d blogueiros gostam disto: