Saúde

Hospital Regional é inaugurado em Santo Antônio de Jesus

Considerado de grande porte, a unidade vai atender, nos primeiros cinco meses de funcionamento, 28 mil pacientes, mas a capacidade total prevista é de 43 mil atendimentos/mês.

Foi inaugurado nesta segunda-feira (21) o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, equipado para realizar atendimentos de média e alta complexidade e suprir toda a região do Recôncavo baiano.

A população do Recôncavo contará com 136 leitos, sendo 10 de UTI adulto e atendimento de emergência 24 horas, 33 para pediatria, 51 para clínica cirúrgica, 36 para clínica médica e 6 leitos destinados à psiquiatria. Desde o início das obras, em 1990, já foram investidos R$ 44 milhões e mais R$ 11 milhões na compra de equipamentos.

A unidade dispõe de centro cirúrgico, Centro de Recuperação Pós-Anestésica (CRPA), Central de Material Esterilizado (CME), serviços de farmácia, lavanderia, almoxarifado, nutrição, manutenção geral e Arquivo de Prontuários de Paciente e Estatística.

O serviço de atendimento de emergência 24 horas estará disponível em diversas especialidades médicas como cirurgia geral, clínica médica, traumato-ortopedia e pediatria. Além do atendimento de urgência e a realização de cirurgias, a nova unidade oferecerá consultas ambulatoriais nas especialidades de anestesiologia, angiologia clínica e cirúrgica, cardiologia, cirurgia geral, incluindo cirurgia ambulatorial (a ser realizada no centro cirúrgico), gastroenterologia clínica, consultas e procedimentos de diagnose, pediatria, pneumologia, ortopedia, geriatria, neurologia, urologia e cirurgia bucomaxilar. O hospital também contará com o serviço de Internação Domiciliar.

O hospital também será um local de formação profissional e ensino, por meio de uma parceria com a Universidade Federal do Recôncavo, de acordo com a Política de Educação Permanente do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Só pra manter esse hospital serão gastos mais de R$ 25 milhões por ano. Portanto, isso mostra que nós acreditamos na saúde pública de qualidade e investimos nela”, afirmou o governador Jaques Wagner.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, destacou o trabalho da Bahia na ampliação e reforma dos hospitais do Estado e citou o atendimento realizado durante a cirurgia do garoto de 2 anos de idade que teve agulhas retiradas do corpo. “As primeiras cirurgias do garoto foram um sucesso. Ele está passando bem e, tudo isso, graças ao bom atendimento do Hospital Ana Nery, em Salvador, um hospital público, que é referência em cardiologia”.

Com informações da Agecom

To Top
%d blogueiros gostam disto: