Cultura

Enterrado em Aracaju músico da Banda Calcinha Preta

O contra-baixista da banda Calcinha Preta, Gilson Pereira de Almeida, 47 anos, que morreu na noite da última sexta-feira (25), foi enterrado neste sábado, às 19h, no cemitério Colina da Saudade, em Aracaju (SE).

O sepultamento foi acompanhado por centenas de fãs, amigos, familiares e músicos da região. Durante a cerimônia, foi executada a música “Cobertor”, do Calcinha Preta.

Gilson Batata, como era conhecido, morreu vítima de um infarto agudo no miocárdio, na cidade de Caicó (RN), onde a banda se apresentaria.

Segundo o site do jornal “Tribuna do Norte”, o músico comentou que desde a manhã sentia dores, mas só resolveu procurar um médico quando não conseguiu mais suportá-las.

O enterro foi acompanhado por centena de fãs, além de amigos e familiares do músico.

O show em Caicó foi cancelado, e as apresentações em Conceição do Coité (BA) e em Caldas do Jorro (BA), previstas para este sábado, e a de Teófilo Otoni (MG), também foram canceladas.

Gilson Batata deixa mulher e quatro filhos.

Com informações do UOL, Blog do Quintino e Nordeste Notícias

To Top
%d blogueiros gostam disto: