Polícia

Jacobina – Empresário acusa presidente da Câmara de agressão

O empresário Wellington Melo afirmou nesta terça-feira (29) à noite que foi agredido, física e moralmente pelo presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Antonio Batista, no último dia 23 de dezembro, quarta-feira às 12h30.

“Eu fui informado por um funcionário da Câmara de que deveria comparecer para receber direitos trabalhistas referentes a décimo terceiro e férias”, disse. O denunciante afirmou que foi exonerado no último mês de maio pelo presidente Antônio Batista, que substituiu, por força da lei, o então presidente Antônio Souza.

“Como eu fui chamado para receber direitos, fui informado pelo senhor Antônio Batista que não iria receber o dinheiro naquele dia, embora ele tivesse feito a promessa”, denunciou o empresário, que afirmou ter sido nomeado para o cargo de digitador, no dia 1º de janeiro deste ano, pelo ex-gestor do Poder Legislativo, Antônio Souza.

Melo disse que, depois de acirrada discussão, foi agarrado pelo braço e ouviu palavras agressivas como “vamos sair daqui, vou acertar com você lá fora”.

Finalizando, o denunciante afirmou que conta com testemunhas e está entrando na Justiça contra o presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, após, segundo ele, sofrer agressão.

Com informações do Corinourgente.com

To Top
%d blogueiros gostam disto: