Polícia

Quadrilha faz arrastão em bancos no interior do Ceará

Cerca de 15 homens armados com fuzis atacaram dois bancos, os Correios e uma casa lotérica na cidade de Pedra Branca, interior do Ceará. Dois reféns foram feridos.

Em meio a uma ação ousada e violenta, uma quadrilha composta por cerca de 15 homens, todos armados com fuzis, sitiou, nesta terça-feira à tarde, a cidade de Pedra Branca (a 261Km de Fortaleza), atacou duas agências bancárias, a sede dos Correios e mais uma lotérica, roubando todo o dinheiro que havia nos quatro estabelecimentos.

Nos quatro ataques, a quadrilha pode ter se apoderado de aproximadamente R$ 1,5 milhão. Pelo menos duas pessoas foram atingidas por tiros disparados pelos criminosos. O bando fez um arrastão que durou aproximadamente 45 minutos. Na cidade havia apenas dois policiais militares, que não tiveram como reagir.

O ataque começou por volta de 14 horas, quando a quadrilha chegou a Pedra Branca em dois veículos, uma caminhonete Hilux, de cor preta; e um Meriva verde. Em seguida, os assaltantes se espalharam pela rua principal da cidade, onde estão localizadas as duas agências bancárias.

Segundo o relato de testemunhas, os ataques foram simultâneos e violentos. “Eles destruíram a fachada dos dois bancos, com tiros, e dominaram quem estava lá”, disse um policial.

O passo seguinte foi atacar os caixas eletrônicos, as baterias de caixas e as tesourarias das agências. Os funcionários e clientes foram dominados e os vigilantes desarmados.

Fuga

Depois de completar o “arrastão”, os criminosos se reagruparam e iniciaram a fuga. Além da Hilux e do Meriva, eles fugiram também com uma caminhonete Frontier, tomada do diretor do Hospital São Sebastião, Carlos Augusto Pereira de Castro. Os carros seguiram em direção à rodovia CE-226.

Um dos tiros disparados atingiu duas pessoas, o vigilante Antônio Cardoso da Silva (baleado no abdome); e o agricultor Antônio Carlos Teixeira, 28 (atingido no braço direito). Depois que o bando sumiu, a Polícia dos municípios da região foi mobilizada.

Com informações do jornal O Povo

To Top
%d blogueiros gostam disto: