Polícia

Policia Civil pode parar nesta segunda

A Polícia Civil baiana anunciou parar suas atividades nesta segunda-feira (11), como maneira de pressionar o governo do estado para atender algumas de suas demandas, sendo a principal delas a nomeação dos oficiais formados em 2009.

A decisão foi tomada em uma assembleia realizada no dia 10 de dezembro, na Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia (AFPEB), mas foi confirmada na última quarta-feira (06). A paralisação, que não foi comentada pela mídia nos últimos dias,  estava programada para começar das 8 da manhã desta segunda até as 8 da manhã da terça-feira.

Outra exigência do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) é a substituição dos funcionários Reda que trabalham na área da segurança, que não seriam gabaritados para o trabalho.

Durante a paralisação serão realizados apenas os serviços de prisão em flagrante, atendimento às vitimas de estupro e remoção de corpos de vitimas por morte violenta. Como se trata de um serviço essencial, 30% do efetivo permanecerá em atividade

Os policiais também farão a remoção de corpos e levantamento cadavérico. A categoria ameaça, ainda, uma greve durante o Carnaval.

To Top
%d blogueiros gostam disto: