Economia

O sertão vai virar mar em Sátiro Dias

“O sertão vai virar mar”, previu o líder religioso Antonio Conselheiro. Na verdade, isso não aconteceu e talvez não aconteça, mas Sátiro Dias, encravado no sertão baiano, a 205 km de Salvador, portanto, longe do litoral, vai ter a sua praia artificial a pouco mais de 2 km do centro da cidade o que já vem causando grande expectativa na comunidade.

Construído em 1957 pelo ex-governador Antônio Balbino, o histórico açude do município, passará a se chamar “praia do Riachão”. Na época em que a extensa aguada foi construída, Sátiro Dias ainda pertencia ao município de Inhambupe.  Um ano depois veio a emancipação. Agora, 53 anos depois, o açude que tem 16 mil metros de lamina d’água, uma circunferência que dá acesso a parte norte da cidade, vai “virar mar”.

“Tivemos a ideia de transformar o lago em uma praia artificial e levamos a ideia ao Ministério do Turismo, através do deputado federal João Leão, secretário de Infraestrutura do estado e conseguimos recursos iniciais da ordem de R$ 500 mil, de um total de R$ 1 milhão. A verba será destinada a construção de ciclovias, calçadão, área de estacionamento, bicas para banho, quatro quiosques, uma praia artificial, onde os banhistas poderão se aproveitar da água do lago que será purificada através do projeto Ingar” explica o prefeito Joaquim Neto

Entusiasmado, Neto garante que será uma “grandiosa obra que se transformará no principal ponto turístico do município”. A área servirá para a prática de futevôlei, futebol de areia, esportes aquático, além de outras modalidades.

Monumento cultural

Haverá também um monumento cultural destinado às atividades desse gênero do município. “A área que dará acesso a praia artificial receberá pavimentação asfáltica, transformando a entrada da cidade na maior obra viária desses últimos 50 anos de Sátiro Dias”, diz Joaquim Neto, acrescentando que esse empreendimento no valor R$ 700 mil, já foi licitado pelo DERBA.

A via terá pista dupla com canteiro central e calçada nas laterais e será totalmente iluminada. 

O município de Sátiro Dias conta hoje com uma população de 21 mil habitantes, a economia está centrada na agricultura de subsistência – feijão, milho -, e pecuária. A localidade conhecida como Cidade de Deus – com nove poços artesianos -, vem se transformando no maior produtor de melancia e melão da Bahia.

O município é detentor de ponto de embarque e desembarque de gás natural e petróleo, explorados no Campo Quererá, que é uma imensa jazida de gás, e fornece o correspondente a 10% do gás produzido no estado.

Com a iniciativa de construir a “praia artificial”, o prefeito Joaquim Neto, acredita que poderá movimentar bastante o município, atraindo e muitos visitantes de cidades da região como Serrinha, Olindina, Alagoinhas, Biritinga, Crisópolis, Nova Soure, Inhambupe e tantas outras.

Com informações da Tribuna da Bahia (Pedro Oliveira)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: