História

Capitão do exército natural de Senhor do Bonfim escapa da morte no Haiti

O capitão do Exército, José Roberto Pinho de Andrade Lima, 39 anos, escapou por pouco de ser uma das vítimas do terremoto no Haiti.

Baiano de Senhor do Bonfim, o militar, residente no país, tinha a missão de ser o intérprete da médica e fundadora da Pastoral da Criança, Zélia Arns, que morreu no desastre, mas desistiu da tarefa por estar cansado.

O substituto do capitão estava acompanhando Arns no momento do terremoto e morreu com o impacto dos escombros. O único tenente registrado entre os mortos no Haiti é Bruno Ribeiro Mário, mas ainda não há informações se esse era o nome do acompanhante da médica.

De acordo com familiares do capitão José Roberto, ele está no Haiti desde junho de 2009 e permanece por mais um ano e meio. Eles afirmam que estiveram aflitos durante todo o tempo, mas foram acalmados três horas depois do desastre, após receberem um telefonema do próprio militar informando que estava bem.

To Top
%d blogueiros gostam disto: