Serviços

Demissões na Justiça e cancelamento de audiências no estado

Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/Ba), ocorreram a demissão de pelo menos 157 conciliadores da Justiça e conseqüentemente os cancelamentos das audiências no Estado.

Isso ocorreu por conta de uma determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinou cargos comissionados apenas para chefe e/ou assessoria.

 
O CNJ condena o TJ/Ba afirmando que a substituição dos profissionais deveria acontecer imediatamente após as exonerações. Para o conselho, o foco é acelerar a conclusão dos processos.

Para a Corregedoria Nacional de Justiça do CNJ, não há qualquer razão que justifique a suspensão dos julgamentos. E que o mais adequado seria o recrutamento de voluntários como ocorreu no estado de São Paulo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: