Política

Paulo Souto visita Mata de São João e elogia gestão de João Gualberto

O presidente estadual do Democratas e pré-candidato ao governo do estado pela oposição, o ex-governador Paulo Souto, participou da inauguração da escola municipal Maria Odília Vasconcelos, em Mata de São João, na noite de sábado (23).

Acompanhado pelo presidente estadual do PSDB, Antonio Imbassahy, o deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN), o vice-prefeito de Feira de Santana, Paulo Aquino (DEM) e o ex-prefeito feirense José Ronaldo (DEM), Souto também pôde conferir a excelente administração que vem sendo feita na cidade por seu aliado, o tucano João Gualberto.

“Mata de São João é hoje uma cidade diferenciada na região, se destaca pela administração eficiente. Passa por uma transformação visível na área educacional e de saúde. O prefeito João Gualberto (PSDB) realiza uma gestão voltada para o povo, dando um exemplo para a Bahia de exercício da política com seriedade, honestidade e dignidade”, disse o ex-governador em pronunciamento durante a solenidade de inauguração de uma nova escola no município.

Ao ver a cidade em belo estado de conservação, asfaltada e com sistema de esgotamento sanitário, Paulo Souto disse que a população de Mata reagiu à situação ruim em que vivia, promovendo a mudança com a eleição de João Gualberto. “O povo é o senhor de seu destino e quando toma a decisão de mudar o destino de uma cidade, de um estado, de um país, ela acontece”, comentou.

O prefeito João Gualberto lembrou que sua história política começou em conversas com o amigo Paulo Souto. O empresário revelou ao então governador da Bahia, em 2003, a vontade de participar da vida pública e lhe foi sugerido ser prefeito de Mata de São João, um município de grande potencialidade que vinha sendo castigado por péssimas administrações.

A sugestão foi acatada e, como ressaltou Imbassahy, João Gualberto emprestou seu talento empresarial à vida pública e Mata de São João venceu anos de atraso. A cidade que foi encontrada com receita de R$ 27 milhões, em 2005, hoje arrecada R$ 60 milhões.

Para o ex-prefeito José Ronaldo, embora em muitos municípios baianos haja o esforço em melhorar as condições educacionais, o mesmo não se observa no governo estadual. “O governador Jaques Wagner ainda não inaugurou uma escola que tenha sido iniciada em seu governo. Todas inauguradas até agora foram deixadas prontas pelo ex-governador Paulo Souto”, denunciou durante a inauguração da Escola Municipal Maria Odília Vasconcelos.

To Top
%d blogueiros gostam disto: