Polícia

Segundo assessoria do PMDB, Polícias estão cada vez mais perto da greve

Diante da decisão do governo em não cumprir acordos firmados com as duas categorias, a possibilidade de uma nova greve das polícias Civil e Militar está cada vez mais iminente.

Em notas públicas, enviadas à imprensa, entidades representativas dos policiais alertam para a tentativa do governador Jaques Wagner em enganar a opinião pública, divulgando em propaganda ações de melhoria da Segurança Pública, que na verdade não existem.

“Não adianta encher o Estado de outdoor, as rádios, televisões e jornais com propagandas sobre falsos investimentos na segurança pública, pois, com o aumento em mais de 60% dos homicídios, os cadáveres continuarão aparecendo em via pública, os crimes continuarão crescendo como nunca e a insegurança da população aumentando”, diz a nota assinada pela União as Associações da PM.

“Além do mais, segurança pública é a única obrigação constitucional do Estado que afeta o pobre da periferia e o rico encastelado, pois a violência neste governo tem se mostrado democrática, é de todos nós”, complementa a nota a PM.

Nesta terça-feira (26), os policiais civis estarão reunidos na Associação dos Funcionários Públicos da Bahia e na sexta-feira (29), na Sociedade Beneficente de Subtenentes e Sargentos, acontece a assembléia dos policiais militares. Os dois encontros é para decidir sobre a greve das duas corporações durante o Carnaval, já que o Governo do Estado, além de não cumprir o acordo firmado com as duas categoriais, não restabelece canais de diálogos com as suas lideranças.

Desta vez, todas as entidades representativas dos policiais militares estarão juntas para formular uma ação conjunta, incluindo a associação dos oficiais, que tradicionalmente realiza os seus movimentos reivindicatórios separadamente do restante da corporação.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: