Polícia

Vitória da Conquista – OAB divulga nota de repúdio à ato violento da PM

Depois que na semana passada um tenente da PM esbofeteou o motorista da empresa de ônibus Serrana, Antônio Silva Queiroz, a população da cidade de Vitória da Conquista têm demonstrado revolta contra as ações da instituição que tem por obrigação combater a violência.

Diversos setores da sociedade civil posicionaram-se contra o fato, como a imprensa local, ONGs e distintos segmentos religiosos. 

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Vitória da Conquista, por sua vez, distribuiu uma nota de repúdio. No documento, a OAB conclama urgência da atuação do  Ministério Público Estadual, das Secretarias de Estado competentes e das respectivas Corregedorias de Polícia, no sentido de tomar providências imediatas e severas contra a violência estatal.

A nota afirma que o caso, infelizmente, não é isolado, já tendo ocorrido casos semelhantes em Vitória da Conquista, tendo até advogados como vítimas. O documento lembra a frase: “o crime não se combate com o crime”.

Em contrapartida, a Polícia Militar através do senhor David Salomão S. Lima, diretor geral do JUSPM (Centro de Assistência aos Policiais Militares) respondeu as ofensivas da OAB em outra nota, afirmando que a PM/BA irá tomar as medidas legais no respectivo caso.

No final da nota, foram lembradas as dificuldades que passam os profissionais da Polícia Militar do Estado da Bahia, “A atividade policial militar é árdua e pouco valorizada. Merecemos respeito, se não nos valorizam ao menos nos respeitem e nos concedam nossos direitos de defesa”. 

Por Ramon Gusmão – Correspondente na Região Sudoeste

 
 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: