Política

Situação política de Cansanção pode estar perto de uma definição

Nesta quinta-feira (28), em Salvador, houve mais um importante passo no processo que definirá o rumo político do município de Cansanção, na região semiárida baiana.

Após ser colocado em votação, o processo Nº 13049 que visa o deferimento do registro de candidatura do prefeito eleito Jarbas Pereira Andrade, teve o voto favorável da Relatora Juíza Cynthia Maria Pina Resende e do Juiz Federal Carlos Teixeira. O desembargador Eserval Rocha, que era o terceiro a votar, pediu vistas do processo. Dessa forma, a votação foi suspensa, devendo recomeçar na próxima semana.

Até agora existem dois votos a favor do retorno de Jarbas e nenhum voto contra, sendo que ainda faltam os votos de três juízes e dois desembargadores.

Segundo informações colhidas, a relatora do processo, desembargadora Cynthia Resende, ao votar a favor do retorno do candidato eleito, ela frisou que o Processo de Registro de Candidatura de Jarbas não era nem para estar em votação no Tribunal. Resende alega que o problema das assinaturas nas atas era uma questão interna, que deveria ser contestada pelos partidos integrantes da coligação “Por Amor a Cansanção”, que se sentissem prejudicados.

Após quase 15 meses de intermináveis batalhas nos tribunais, a decisão a respeito do novo rumo político de Cansanção nunca esteve tão perto. Seja qual for o resultado do julgamento, o certo é que a população de Cansanção não pode continuar convivendo com esse quadro de incertezas.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: