Política

Decisão sobre o processo eleitoral de Cansanção é adiado mais uma vez

O processo 13.049 que definirá o rumo político de Cansanção, não foi colocado em pauta para sessão realizada na última quinta-feira (28) no TRE-BA em Salvador.

O processo já está em votação no TRE, e foi adiado na última terça-feira (26), após o Desembargador Eserval Rocha pedir vistas. Até o momento o placar é de 2 x 0 favorável ao retorno do prefeito Eleito Jarbas Pereira Andrade (PR), sendo que ainda faltam os votos de quatro desembargadores e do presidente do Tribunal, caso seja necessário.

Como não entrou em pauta na sessão de quinta, é grande a expectativa de que o processo seja colocado em pauta na sessão da próxima quarta-feira, dia 03 de fevereiro.

A cada dia que passa o clima de tensão toma conta de Cansanção, os correligionários do prefeito eleito Jarbas e do candidato derrotado Ranulfo Gomes (PMDB) estão com os nervos à flor da pele. Caso Jarbas obtenha mais 02 votos, retornará ao cargo de prefeito; se os votos de todos os 04 desembargadores que ainda faltam votar forem contra o Registro de Candidatura de Jarbas, será realizada nova eleição em Cansanção.

Em ambos os casos ainda cabe recurso em última instância. Porém, é muito raro o TSE ter decisão contrária ao TRE.

Ranulfo Gomes (PMDB), segundo colocado nas últimas eleições e principal interessado no indeferimento do Registro de Candidatura de Jarbas, tem esperança de que seja realizada nova eleição. Em recentes encontros com o pré-candidato do PMDB ao governo do estado Geddel Vieira Lima, em Santa Luz e Monte Santo, pediu para que ele designasse a cúpula do partido para lhe ajudar em Cansanção.

O prefeito eleito Jarbas acredita que conseguirá provar sua inocência e que a vontade do povo de Cansanção, que lhe concedeu 51% dos votos válidos, prevalecerá. Jarbas acredita em um julgamento justo e espera com muita ansiedade o dia de retornar ao cargo de Prefeito.

Com informações do Portal de Cansanção

To Top
%d blogueiros gostam disto: