Esporte

Acredite: Bahia de Feira derrota homônimo da capital em pleno Pituaçu

Não houve festa na estreia de Edílson pelo Bahia. Diante de 4.742 pagantes em Pituaçu, o time do técnico Renato Gaúcho foi derrotado por 5 a 3 pelo Bahia de Feira neste domingo, pela quinta rodada do Campeonato Baiano. O atacante de 39 anos, que não atuava havia dois, entrou em campo após o intervalo e teve participação discreta.

Este foi o terceiro tropeço seguido do Bahia, que havia perdido para o Vitória e empatado com o Madre de Deus – todos em Pituaçu. O time soma sete pontos no Grupo 1 e, na próxima rodada, joga fora de casa contra o Atlético de Alagoinhas, às 20h30 de quarta-feira.

O Bahia de Feira abriu o placar logo aos quatro minutos, com Bruninho concluindo sozinho na área. O Tricolor conseguiu o empate aos 45: o estreante Rogerinho fez boa jogada individual, livrando-se de dois marcadores, e deu passe para Abedi marcar. Um minuto depois, no entanto, o baixinho João Neto marcou de cabeça e deixou o Bahia de Feira na frente no placar mais uma vez.

O segundo tempo começou com a estreia de Edílson, que entrou no lugar de Wilson Júnior. Também com Maurício no lugar de Marcone, o Bahia conseguiu virar o jogo. Rodrigo Gral fez seu primeiro gol pelo clube ao concluir de cabeça um passe de Rogerinho, aos 11 minutos, e Vagner marcou numa meia-bicicleta, aos 17.

Parecia que a vitória já estava assegurada. Ledo engano. O Bahia de Feira cresceu e, por incrível que pareça, fez outros três gols. Jackson, aos 32min, Bruninho, aos 38min, e Wescley, de pênalti, aos 45min, selaram a vitória dos visitantes, que a esta altura, estavam com um jogador a menos.

To Top
%d blogueiros gostam disto: