Educação

Feira de Santana pode se tornar uma “Cidade Educadora”

Melhorias tecnológicas e didáticas, tempo integral, cidadania, maior envolvimento familiar e da comunidade como um todo. Essas são as premissas básicas para um ousado projeto de tornar Feira de Santana uma Cidade Educadora.

O prefeito Tarcízio Pimenta, o secretário da Educação, José Raimundo de Azevedo e a pedagoga Rosana Pérsico estão em Curitiba conhecendo a iniciativa que mudou a cara da escola pública no Paraná, um estado considerado referência no setor.

Na realidade, o prefeito constatou que Feira já está dando os primeiros passos para aproveitar a experiência paranaense, com a implantação dos quadros eletrônicos, dos centros digitais e do Programa A Tarde na Escola, que desenvolve o hábito de leitura e promove oficinas, cursos e seminários para os professores. Além disso, há toda a facilidade de acesso à internet com projeto Feira Cidade Digital.

“A Cidade Educadora é uma integração das mais variadas ações que possam aperfeiçoar o ensino e o aprendizado, revolucionando o modelo tradicional da sala de aula que temos hoje na escola pública. Há mudanças até na relação do aluno com o material didático dele, que passa a ter um uso personalizado, como já acontece nas escolas privadas”, destaca Tarcízio Pimenta.

Para que a Cidade Educadora possa realmente vingar, os estudantes devem ter a chance de experimentar todas as mudanças já a partir da pré-escola, recebendo assim uma forma mais adequada do ponto de vista educacional e de cidadania.          

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: