Polícia

Itabuna – Policiais caçam bandidos que atiraram em colega: 4 já foram mortos

Edmo dos Santos, 22 anos, o Churrasco, morreu em possível confronto com as polícias civil e militar, no semi-anel rodoviário, em Itabuna. O corpo do bandido e de mais dois supostos comparsas foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Os dois outros bandidos eram conhecidos apenas pelos vulgos de “Galego” e “Diego Babão”. A polícia suspeita de que ele teria sido a pessoa que conduzia a morto utilizada por Churrasco na hora dos disparos contra o policial civil Vasconcelos, no final da manhã desta quarta, na loja central da Cesta do Povo.

Informações chegadas há poucos minutos dão conta de que um quarto elemento da quadrilha, que teria oito componentes, também já foi morto em confronto com a Policia.

Seis viaturas das polícias civil e militar e policiais da antiga Caerc foram mobilizados na caça ao bandido que atirou contra o policial civil Vasconcelos, no final da manhã desta quarta-feira (03).

O crime aconteceu na loja central da Cesta do Povo em Itabuna. O efetivo estava no semi-anel rodoviário, por volta das 15h30min. Imagens das câmeras de videomonitoramento foram utilizadas para ajudar identificar o autor do tiro que atingiu o policial no abdome.

Conheça o caso: Churrasco teria atirado no policial

Um dos bandidos suspeitos de atirar no agente Antônio de Oliveira Vasconcelos, o ”Vasco”, 40 anos, é o terror da periferia de Itabuna, identificado por “Churrasco”. Informações de policiais que estiveram na loja da Cesta do Povo, local dos disparos, no centro, dão conta de que o agente estava sendo seguido por dois bandidos, possivelmente em busca de vingança, e um desses seria o temido ‘Churrasco’.

O policial teria entrado na Cesta do Povo para despistar os meliantes, que usaram de esperteza e anunciaram um assalto, possivelmente para criar confusão e facilitar o tiroteio. Foi quando o suposto “Churrasco” fez o disparo. Policiais estariam nesse momento caçando o bandido, que fugiu numa moto preta.

Segundo o repórter Fábio Roberto, da Rádio Nacional, o policial teria tentado sacar a arma para reagir ao assalto, quando foi alvejado. O policial foi levado para o centro cirúrgico do Hospital Calixto Midlej Filho, onde foi submetido a uma cirurgia para a retirada da bala.

As informações dão conta de que Vasconcelos está fora de perigo. A Cesta do Povo está com as portas fechadas, e todos os funcionários se encontram no interior do estabelecimento.

Com informações do Pimenta na Muqueca

To Top
%d blogueiros gostam disto: