Política

Rapidinhas – Nova eleição em Lajedo do Tabocal atrai lideranças de Salvador

A polêmica criada sobre a realização de uma nova eleição em Lajedo do Tabocal, localizado na região Sudoeste do Estado e a 380 km de Salvador, deve chegar ao fim no próximo domingo, dia 7, quando os eleitores irão às urnas para escolher o novo Prefeito do município.

Com pouco mais de 9 mil habitantes e cerca de 5 mil eleitores, ainda assim o processo eleitoral na cidade tem chamado atenção e atraído lideranças políticas de vários partidos da capital baiana.

Dois candidatos

 

A eleição está sendo disputada por Mariângela Borges (PSB), que tem como vice Emanuel Brocchini (PCdoB), conhecido como Noel, ambos da base aliada do governador Jaques Wagner. O seu adversário é Antônio Rodrigues (Democratas), conhecido como Toé de Sú, que forma a chapa com Dilson Santos, do PMDB.

Lídice no encerramento

 

O novo pleito em Lajedo do Tabocal tem despertado interesse não só por 2010 ser um ano de disputa eleitoral como também pelo clima de “guerra” estabelecido na cidade após a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A deputada federal Lídice da Mata, presidente da Executiva Estadual do PSB, viajou ontem à tarde para participar do comício de encerramento da candidata do seu partido, Mariângela Borges.

PT enviou representante

 

O Partido dos Trabalhadores também entrou na briga pela eleição. O Presidente da legenda, Jonas Paulo, aproveitou uma extensa programação agendada para o interior para participar do comício de encerramento da candidata Mariângela Borges em companhia da deputada Lídice da Mata. De lá, Jonas seguiu para outros municípios.

Subjudice

 

O município vem sendo administrado desde o início do atual período de mandato (Janeiro/2009)  pela presidente da Câmara,  vereadora Lilian Nascimento. A anulação das eleições de 2008 em  Lajedo do Tabocal, quando foram candidatos o ex-prefeito Reivaldo Fagundes (PDT) e Mariângela Borges (PSB), foi determinada pelo fato do candidato Reivaldo  estar com o pedido de sua candidatura impugnada, ou seja, subjudice.

Entenda o caso

O novo pleito em Lajedo do Tabocal acontecerá neste domingo (07), encerrando o capítulo de uma batalha judicial que começou logo após a divulgação do resultado da eleição em outubro de 2008. O problema foi criado porque o então candidato Reivaldo Fagundes (PDT), que venceu o pleito com pouco mais de 100 votos sobre o seu adversário, não pode assumir porque foi considerado inelegível.

Recurso

 

Com isso, a candidata Mariângela Borges (PSB), segunda colocada, foi diplomada e deveria assumir a Prefeitura. Contudo, isso não aconteceu porque o seu oponente entrou com um recurso. Daí para frente ocorreu uma verdadeira batalha judicial, até que, em novembro do ano passado, ficou definida uma nova eleição, marcada para o dia 7 de fevereiro. A decisão foi aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) em sessão ordinária conduzida pelo presidente Sinésio Cabral.

Data alterada

 

Inicialmente, o TRE havia marcado a eleição para o dia 20 de dezembro de 2009, mas, devido à decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Ricardo Lewandowski, foi modificada a data. Lewandowski, ao examinar o pedido de liminar em mandado de segurança proposto pelos partidos PSC e PRB, determinou que fosse editada outra resolução com nova data para o pleito, respeitando os prazos processuais fixados na Lei Complementar nº 64/90.

Por Evandro Matos     

           

           

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: