Saúde

Segurança alimentar é debatida em jornadas pedagógicas

O projeto Cisternas nas Escolas realiza, durante o mês de fevereiro, uma série de jornadas pedagógicas em municípios do semiárido baiano com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

Iniciada na quarta-feira (10), em Boa Nova (a 438 km de Salvador), a atividade tem o objetivo de discutir educação contextualizada com a realidade da região, por meio do debate sobre temas como segurança alimentar e sustentabilidade. As jornadas também serão promovidas em Chorrochó, Oliveira dos Brejinhos, Quijingue, Araci e Ibitiara.

Sensibilizar educadores, coordenadores, secretários e gestores municipais sobre a necessidade de incorporar o tema da convivência com o semiárido na prática educacional é a principal meta do projeto, desenvolvido pelo Centro de Assessoria do Assuruá (CAA) em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e Governo Federal.

O Cisternas nas Escolas é um política pública pioneira no Brasil, que busca garantir condições adequadas de armazenamento de água em 43 escolas baianas, além de incentivar a produção de alimentos em hortas agroecológicas. As ações também incluem capacitação de educadores, pesquisa acadêmica e atividades educativas com famílias do entorno escolar.

Além disso, está prevista a realização de um seminário estadual sobre educação e segurança alimentar, no mês de março. Um dos temas a serem discutidos é a Lei 11.947/09, que trata do aproveitamento da agricultura familiar na merenda das escolas.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: