Esporte

Sport promete processar fornecedora do Fla por novo uniforme

A polêmica envolvendo o hexacampeonato do Flamengo ganhou ontem novo capítulo. Na apresentação dos novos uniformes para a temporada 2010, na Gávea, um pequeno detalhe promete causar grandes discussões.

Estampado na parte da frente das camisas, o escudo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) traz logo abaixo a inscrição “hexacampeão brasileiro”. Como se considera legítimo campeão de 1987, o Sport anunciou que pretende processar a Olympikus, empresa que fabrica o material esportivo do clube rubro-negro.

Diante da nova confusão, a entidade que rege o futebol nacional preferiu se esquivar. “Não adianta o Sport reclamar com a gente”, explica a CBF, por meio de sua assessoria de imprensa. “Não reconhecemos o hexa. Se o Flamengo diz que é, não é problema nosso. O clube pode usar o escudo da CBF no uniforme só enquanto for o campeão brasileiro”, disse Rodrigo Paiva.

O novo vestuário inclui os uniformes de jogo número 1 e número 2, camisas de goleiro e de treino. As peças já prometem mais polêmicas. A enorme marca do patrocinador no meio do modelo principal, a simulação de uma gola polo e as mangas em preto – também para valorizar a logo de outro patrocinador – foram reprovadas por alguns torcedores. Para os saudosistas, foi garantido o lançamento de um terceiro uniforme este ano ainda, que promete resgatar a história do Flamengo. A camisa nova estreará quarta-feira, contra a Universidad Católica, no Maracanã, pela Libertadores.

Fonte: Terra

To Top
%d blogueiros gostam disto: