Economia

Com o fim do Carnaval, preços da hospedagem caem em Rio de Contas

Bandas de sopro, baile de máscaras, desfile de cordões e batucadas pelas ruas centrais e grupo de amigos travestidos atraíram como em anos anteriores, milhares de turistas para Rio de Contas durante o Carnaval, que é o mais tradicional da Chapada Diamantina.

Durante a festa cerca de 90% das vagas dos hotéis e pousadas da cidade estavam preenchidas. Ruas e praças transformaram-se em locais para montar barracas de acampar. Casas foram alugadas para a temporada por até R$ 900,00. Algumas pessoas passaram o Carnaval na cidade, mas se hospedaram em cidades circunvizinhas.  

O grande demanda de turistas na localidade fez com que o preço dos hotéis elevasse rapidamente. Passado alguns dias do fim da Festa Momesca, os preços das diárias já caíram.

Para a estudante de doutorado em antropologia Alexandra Santana, que realiza pesquisas sobre a história da localidade e que realiza visitas periódicas na localidade, “depois do Carnaval, o preço dos hotéis caem e voltam ao normal, só voltando a subir novamente no início de janeiro.”   

Por Ramon Gusmão

To Top
%d blogueiros gostam disto: