Polícia

Prisão de índio gera protestos em Arraial d’Ajuda. Tribo interdita estrada.

Índio com debilidade mental foi preso e baleado durante uma blitz policial. Indignados, índios da mesma tribo fazem protesto e pedem a sua volta para hospital.

Índios pataxó da Aldeia Velha, em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro, fecharam a estrada Arraial/Trancoso, às 09h da manhã do último sábado (20), em protesto contra a prisão do índio José Raimundo dos Santos Nascimento. Carros, motos e pedestres, foram impedidos de passar

Tudo começou na sexta feira, antes do carnaval, quando a polícia fazia uma blitz no centro do Arraial. O índio, que tem uma debilidade mental, ao ver a polícia saiu correndo e foi alvejado com dois tiros nas costas, na Broadway.

O boletim de ocorrência diz que o índio estava armado e portava drogas, mas a informação é contestada pelo cacique Urubayá . Segundo ele, o índio portava somente de bermuda, camisa e com R$ 7,00 no bolso

A manifestação foi para que o índio voltasse para o hospital – de onde havia sido retirado e levado para a delegacia de Porto Seguro há três dias, já que seu estado inspira cuidados, pois ele está com duas sondas.

No início da tarde do sábado, os índios conseguiram que o parente fosse internado no hospital Luiz Eduardo Magalhães até hoje (22), quando será pedido o relaxamento da prisão para que ele possa responder em liberdade.

Depois do tumulto, a estrada foi liberada. Mas antes os índios fizeram um Auê, dança de agradecimento.

Informações do Jornal Radar64

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: