Polícia

Policial é transferido para Serrinha e população coiteense protesta

Com a transferência do policial militar Rubem Carlos de Oliveira Ramos para o município de Serrinha, a população foi às ruas protestar. Ele era chefe do Pelotão Especial de Conceição do Coité.

Na manhã desta segunda-feira (22), um grupo de moradores da cidade realizou um manifesto contra a decisão do comando geral da PM. Na sexta-feira (19), eles já tinham feito duras críticas à decisão, inclusive mobilizaram diversos políticos coiteenses. A população quer o policial de volta ao município e exige a resposta da Secretária da Segurança Pública.

O Capitão Lessa, comandante da 4ª Cia PM de Conceição do Coité, foi procurado pela equipe de reportagem da Rádio Continental AM de Serrinha e disse que a transferência é um ato administrativo que está respaldado no estatuto da Polícia Militar.

“Até que se prove o contrário, Ramos é um excelente policial, mais tudo se trata de um procedimento administrativo que está em andamento e durante esse processo (tempo indeterminado) ele poderá sofrer conseqüências também no âmbito da administração”, declarou o Cap. Lessa.

Mesmo com as justificativas do comandante da 4ª Cia PM, a população não aceita os argumentos apresentados para a transferência do policial que, de acordo com pessoas que estavam na manifestação, trata-se de um profissional exemplar que o povo de Coité não pode perder desta forma. 

Depois do anúncio da transferência na quarta-feira (17/02), várias faixas foram espalhadas pela cidade pedindo a permanência do policial Ramos em Conceição do Coité.

Por Cival Anjos – de Serrinha

To Top
%d blogueiros gostam disto: