Política

Juiz decreta prisão do Secretário de Governo de Porto Seguro, ligado a Lídice

O juiz da Vara Crime de Porto Seguro, Roberto Freitas Júnior, decretou a prisão preventiva do secretário municipal de Governo, Edézio Lima, principal acusado de mandar matar os sindicalistas Álvaro Henrique Santos, 28 anos, e Elisney Pereira, 31, dirigentes do Sindicato dos Professores do município.

A preventiva foi solicitada pelo delegado Evy Paternostro, que presidiu o inquérito do caso. Além do cargo municipal, Edézio Lima é membro da comissão executiva estadual do PSB baiano.

Centenas de professores fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (01/03) na área central, na delegacia e no aeroporto de Porto Seguro por considerarem que há demora da Secretaria de Segurança Pública em fazer cumprir os mandados de prisão contra os acusados.

Segundo apurações, os acusados são Lima e os policiais Joilson Barbosa, Sandoval Barbosa dos Santos e Geraldo Silva de Almeida, além de Danilo Leite e Antônio Andrade Júnior. Lima não foi encontrado e há informações de que ele saiu da cidade.

Com Informações do Pimenta na Muqueca.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: