Polícia

Porto Seguro – Ex-mulher encomendou morte de Tenente da Polícia Militar

Cinco pessoas acusadas de participação no assassinato do Tenente da Polícia Militar Lourival Teles de Aragão, de 57 anos, foram presas nesta sexta-feira (26) pelas polícias civil e militar. O crime ocorreu há dois anos e meio em Porto Seguro.

Entre os detidos está a ex-mulher do Tenente, Ivonalda Santos de Aragão, 54. De acordo com o delegado Renato Fernandes, ela encomendou a morte do policial, com quem teve três filhos, por ciúmes e ganância. ‘Ivonalda queria receber dois seguros de vida do militar, estimados em R$ 100 mil, os três imóveis, além de uma pensão vitalícia’, disse.

Além de Ivonalda, foram presos José Ronaldo Souza Santos, 41, Jideilson Lima de Jesus, 35, Antônio Lopes de Jesus Santos, 31 e Alberto dos Santos Anjos. Ainda de acordo com o delegado, eles foram os autores do crime e pertencem a uma quadrilha de matadores de aluguel que agia na região. Ivonalda fugiu o tempo todo dos repórteres e não quis dar declaração. Os homens confessaram tudo.

As investigações apontam que Ivonalda contratou o pai de santo José Ronaldo para executar o serviço por R$ 25 mil. Ronaldo, por sua vez, teria acertado com José Carlos Santos Franco, 20, o Boiadeiro, para contratar os pistoleiros.

De acordo com a polícia, Boiadeiro fez o serviço por R$ 8 mil, que seria rateado entre ele e os pistoleiros Antônio Lopes e Jideilson Lima. Após o crime, mas sem ver a verba, que já teria sido paga em cabeças de gado para Boiadeiro, os pistoleiros, segundo a polícia, resolveram matar o contratante.

Boiadeiro foi morto em outubro de 2008 em Eunápolis. O corpo foi encontrado na Estrada da Embaúba, zona rural do município, com 14 tiros. ‘O inquérito está concluído e a morte do Tenente esclarecida’, informa o delegado Renato Fernandes.

Informações do Jornal Radar64

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: