Política

Tucano perde ex-deputado José Penedo

Faleceu no último sábado (27), às 13 horas, de complicações cardíacas, no Instituto do Coração (INCOR) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o ex-deputado José Penedo Cavalcanti de Albuquerque, de 78 anos.

José Penedo foi deputado federal por quatro vezes e chegou a ser candidato a vice-governador em 1986 na chapa de Josaphat Marinho. Ele foi enterrado neste domingo (28) no município de Tucano, onde nasceu.

José Penedo deixa mulher, Maria Thereza Abreu Penedo, e filha, Júlia Abreu Penedo. O ex-deputado federal é tio do atual deputado estadual Gildásio Penedo Filho (Democratas) e do atual vice-prefeito de Tucano, Gildásio Penedo.

 

José Penedo Cavalcanti de Albuquerque nasceu no povoado do Pé de Serra, município de Tucano, onde viveu até completar 18 anos. Nesta localidade, como menino pobre, trabalhou em todas as atividades ligadas ao campo.

Era o mais velho dos 11 irmãos sobreviventes do primeiro casamento de seu pai Antonio Penedo com sua mãe Mariana Penedo. Sua mãe teve 17 partos e morreu com apenas 40 anos de idade. Seu pai, numa segunda união matrimonial, teve mais seis filhos.

Foi eleito deputado federal, com expressiva votação, obtendo, somente em Salvador, mais de 10% do total de votantes da Capital, o suficiente para sair vitorioso. Foi eleito para quatro Legislaturas: 1967/1971; 1791/1975; 1979/1983; 1983/1987, e ficou como suplente na legislatura 1991/1995, tendo assumido o mandato por um curto período.

Foi durante três anos Delegado Federal do Ministério da Educação na Bahia, quando foram acompanhados e implantados vários programas do MEC no Estado.

No colégio Eleitoral reunido em 15 de Janeiro de 1985, votou em Tancredo Neves para Presidente da República, em oposição a Paulo Maluf.

Tem os seguintes trabalhos publicados (artigos e monografias): A Nova Idéia Liberal; Nordeste: Análise de Problemas; Partidos Políticos; O Voto Distrital; Coletânea de Pronunciamentos e Projetos (CD), entre outros. Pertencia ao Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e ao Rotary Clube.

To Top
%d blogueiros gostam disto: