Polícia

Porto Seguro – Prefeito nega renúncia e exonera Edésio, que continua foragido

Os policiais militares que tiveram prisão decretada – juntamente com Secretário de Governo e Comunicação de Porto Seguro, Edésio Lima, que continua foragido -, já se entregaram à polícia.

Os PMs Sandoval Barbosa dos Santos, Geraldo Silva de Almeida e Joilson Rodrigues Barbosa, se entregaram durante a tarde desta segunda-feira, 01 de março. Eles tiveram prisão preventiva decretada por serem considerados suspeitos de terem executado os professores Álvaro Henrique e Elisney Pereira a mando de Edésio. O crime aconteceu em setembro do ano passado.

Álvaro Henrique e Elisney eram sindicalistas da APLB e estavam no comando de uma greve de professores, além de realizarem denúncias de desvios de verbas na prefeitura.

Os policiais foram afastados do serviço e estão presos no Batalhão da Polícia Militar de Porto Seguro. Edésio Lima, que foi exonerado pelo prefeito, continua foragido.

Prefeito municipal emite Nota pública

Após boatos de que poderia renunciar ao cargo por conta da repercussão sobre o assassinato dos professores, o prefeito de Porto Seguro distribuiu a seguinte nota à imprensa:

Desde o primeiro momento, manifestamos nosso profundo pesar pelo brutal assassinato dos dois líderes sindicais. Tão logo soubemos do episódio, solicitamos providências ao governador do estado, pedindo agilidade na apuração do caso.

Fomos surpreendidos, ontem, com a ordem de decretação de prisão preventiva do sr. Edésio lima, que exercia a função de secretário de governo e comunicação do município de Porto Seguro.

Não tínhamos outra atitude a tomar, senão exonerá-lo para permitir a necessária tranquilidade para a apuração dos fatos. Temos esperança em Deus que o apontado envolvimento não seja verdadeiro.

Caberá aos órgãos competentes tratar essa questão segundo as regras da lei e da justiça.

A prefeitura de Porto Seguro continuará sendo administrada com tranquilidade, firmeza e seriedade.

As informações são do Sul Bahia News

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: