Saúde

Secretaria de Saúde troca de comando em Feira de Santana

O advogado Rafael Pinto Cordeiro é o novo secretário de Saúde de Feira de Santana, em substituição ao médico João Carlos Cavalcante, que pediu exoneração alegando motivos de ordem pessoal.

O novo secretário já faz parte do governo Tarcízio Pimenta desde o ano passado, quando assumiu a Diretoria de Contratos e Licitações.

Rafael Cordeiro tem 27 anos, é formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, sendo orador da turma 2006.2. Foi aluno de intercâmbio da Faculdade de Direito de Coimbra/Portugal, é especializado em Direito Administrativo pela PUC/SP, onde atuou como professor assistente; é Membro Participante da Comissão de Direito Criminal da OAB, subsecção de São Paulo, na subárea de “Crimes Contra a Administração Pública

Rafael Cordeiro já foi subprocurador fiscal do município e recebeu, em setembro do ano passado, uma comenda de honra ao mérito por serviços prestados à comunidade. O mais novo secretário de saúde é ainda membro do Rotary Clube Feira Leste e filho e irmão de médicos. O pai dele e José Alberto Nunes Cordeiro e o irmão é Alberto Pinto Cordeiro.

O novo secretário se destacou na diretoria, apesar do curto período, conduzindo licitações das mais importantes, a exemplo da que escolheu as agências de publicidade que atendem o Governo Municipal, o transporte escolar e a do sistema de mototaxistas, além do chamamento público para unidades de saúde particulares interessadas em realizar convênio com o SUS.    

“Apesar do pouco tempo no governo, ele tem uma dedicação exclusiva e mostrou competência no desempenho da função, atuando num dos setores mais vitais da administração pública”, destaca o prefeito Tarcízio Pimenta.  

Ao anunciar a mudança na pasta da Saúde, o prefeito agradeceu ao médico João Carlos Cavalcante, destacando que ele está deixando o governo por motivos pessoais. O prefeito lembrou que a Secretaria da Saúde passou por significativas mudanças desde 2009, principalmente com a implantação do Sistema Digital de Saúde em 20 unidades, até agora.

Além disso, o problema de médicos nos Postos de Saúde da Família está solucionado, houve reformas em unidades básicas e policlínicas, aquisição de veículos 0 km e a descentralização na marcação de exames em oito unidades, por enquanto.     

To Top
%d blogueiros gostam disto: