Polícia

Atual presidente da APLB de Porto Seguro recebe ameaças de morte

Segundo documento emitido pela 3º Promotoria de Justiça da Comarca de Porto Seguro, o presidente da APLB, Jurandy Nascimento, alega que recebeu um recado ameaçador do PM Sandoval.

É importante ressaltar que Sandoval está preso sob acusação, entre outras coisas, de envolvimento na execução dos professores e sindicalistas da APLB, em 17 de setembro de 2009. Devido a isso, teoricamente, Sandoval não deveria ter acesso a telefone.

De acordo com o documento, a secretária do prefeito de Porto Seguro, Jaqueline , ligou para o professor Edilson Brito, segunda-feira, 1º de março, e pediu autorização para repassar o número do telefone de Edilson Brito para o PM Sandoval. Na noite do mesmo dia, 01, o referido PM ligou para Edilson e acusou Jurandy de ser o responsável pelo que estava acontecendo com o grupo deles (PMs) e que Jurandy tomasse cuidado.

O professor Edilson procurou o presidente da APLB, que estava na Secretária de Educação, hoje, 05, por volta das 11h:20min., e lhe contou o ocorrido.  

O documento está assinado por Jurandy Nascimento e pela promotora de Justiça em Substituição, Darrielle Costa Fernandes Aleixo.

A redação do jornal O Sollo entrou em contato com Jaqueline e ela confirmou que Sandoval lhe pediu o número telefone do professor Edilson Brito.

Informações do Jornal O Sollo

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: