História

Emoção marca despedida de Jânio Lopo

O jornalista Jânio Lopo, falecido no inicio da tarde desta sexta-feira (05), foi cremado na manhã deste sábado (06), numa cerimônia marcada pela emoção.

A cerimônia de despedida do jornalista Jânio Lopo aconteceu neste sábado durante toda a manhã com a presença de muitas pessoas. Jânio era editor de Política e articulista do jornal Tribuna da Bahia. Ele faleceu por volta das 14h da tarde desta sexta-feira por conta de complicações cardíacas.

O enterro e cremação do corpo ocorreram no final da manhã deste sábado, no Cemitério Jardim da Saudade, em Brotas, Salvador. A solenidade foi marcada pela presença de inúmeros jornalistas, políticos, empresários, além de familiares e amigos.

Estiveram presentes os secretários de Comunicação do Estado, Robson Almeida, da Assembleia Legislativa, Paulo Bina, da Prefeitura de Salvador, André Curvelo, da Câmara de Salvador, Osvaldo Lira, o Diretor Presidente da Tribuna da Bahia, Walter Pinheiro, o Presidente da ABI , Samuel Celestino, o Diretor de Redação da Tribuna da Bahia, Paulo Roberto Sampaio, o assessor de comunicação do ex-governador Paulo Souto, João Paulo, além dos colegas de trabalho na Tribuna da Bahia como o jornalista Evandro Matos (editor deste Portal) , e jornalistas de outros veículos como Walter Xeu, Levi Vasconcelos, Ivan Carvalho, Cintia Kelly, entre tantos outros.

O mundo político também acompanhou a despedida de Jânio Lopo. O prefeito de Salvador João Henrique (sempre emocionado), os senadores César Borges e João Durval, o ex-governador Waldir Pires, os deputados federais José Carlos Aleluia, Lídice da Mata e Daniel Almeida, o estadual Carlos Gaban, a Prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, o representante do Prefeito da Camaçari (Luiz Caetano), além de diversos amigos e políticos.

Praticamente todos os partidos da política baiana se fizeram presentes no “último adeus a Jânio Lopo”. Além dos políticos já citados, também marcaram presença os vereadores de Salvador Alcindo da Anunciação (PSL) e Dr. Pitangueira (PRB); Lúcio Vieira Lima (Presidente do PMDB), Benito Gama (PTB), Alexandre Brust (Presidente do PDT), George Gurgel (Presidente do PPS), Tiago Martins (PTN), Rivailton Pinto (PTC) e Ailton Ferreira (PHS).

Toda a cerimônia foi marcada pela emoção. Uma demorada salva de palmas marcou o ato de Cremação no Cemitério Jardim da Saudade, após os discursos do Diretor-Presidente do jornal Tribuna da Bahia, Walter Pinheiro, e do mestre popular Clarindo Silva (Cantina da Lua).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: