Política

Ex-deputado Florisvaldo Carneiro é encontrado morto em São Domingos

O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Valente, Florisvaldo Carneiro, conhecido como Flori, foi encontrado morto em sua fazenda neste domingo (07), no município de São Domingos, região sisaleira.

Em contato com a reportagem do Interior da Bahia o prefeito de Valente, Ubaldino Amaral, informou que decretou luto oficial por três dias no município, além de suspender uma programação festival pelo dia Internacional da Mulher, que aconteceria nesta segunda-feira (08). “Ele foi prefeito, vereador e deputado por aqui. Então, era justo que nós respeitássemos isso”, disse Ubaldino, ressaltando que o evento em homenagem às mulheres vai ainda acontecer, mas apenas de forma simbólica.

  

Nos últimos anos Florisvaldo Carneiro vinha se dedicando ao comércio, embora continuasse exercendo a atividade política. Desde que São Domingos se emancipou de Valente o seu grupo político disputou a prefeitura deste município por cinco vezes, mas nunca conseguiu vencer.

Florisvaldo Carneiro da Cunha era industrial e pecuarista. Ele nasceu no dia 8 de dezembro de 1938, no município de Valente-BA. Filho de Ilário Antonio da Cunha e Joanita Carneiro da Cunha, atualmente Flori vivia separado da esposa. Ele teve seis filhos: Florisvaldo Filho (falecido), Wagner, Hildebrando, Ilário, Francisco Velber e Joana Paula.

Flori cursou o Ginasial na Escola Municipal de Valente, em 1956. Possuía curso de Extensão técnica em Comércio Internacional e Exportação de Fibras Duras, FAO, Roma-Itália, 1980, e Lisboa-Portugal, 1981.

Na atividade comercial ele foi vice-presidente da Câmara de Comércio de Sisal da Bahia e membro da Associação dos Produtores de Sisal da Bahia, 1980-1982; diretor da empresa FC-Fio Cordas Indústria e Comércio Ltda e pecuarista.

Política

Na atividade política Florisvaldo Carneiro foi vereador em Valente, eleito por três legislaturas consecutivas, 1962-1972, exercendo também a Presidência da Câmara, de 1966-1970; Prefeito de Valente, 1973-1977; deputado estadual pelo PDS, 1983-1987; suplente de deputado estadual pelo PFL, 1987-1991, assumiu o mandato: de 20/05/1987 a 22/09/1987 em substituição ao dep. Jurandy Oliveira, de 03/03/1988 a 30/06/1988, 13/07/1988 a 08/11/1988, e, a partir de 02/12/1988, em substituição ao dep. Luciano Santana.

Flori recebeu as seguintes condecorações: Exportador Destaque de 1984, conferido pelo jornal Tribuna do Interior, 1985; Troféu Mandacaru de Ouro, Personalidade Destaque de 1986, conferido pelo TIAB-Grupo Jornalístico Tribuna do Interior e revista Alô Bahia, 1987; Medalha de Reconhecimento, conferida aos Constituintes de 1989, Assembléia Legislativa da Bahia, 1990. Homenageado com seu nome em logradouro público, em Umburanas – BA.

Por Evandro Matos, com informações do portalcidadedevalente.com

To Top
%d blogueiros gostam disto: