Polícia

Ibotirama – Justiça liberta amante de ex-padrasto do “menino das agulhas”

O juiz Oclei Alves da Silva, titular da Vara Criminal de Ibotirama, a 643 km de Salvador, concedeu nesta quarta-feira (10) liberdade provisória para Angelina Capistana dos Santos, acusada de tentativa de homicídio por ter inserido agulhas no corpo de um garoto de dois anos.

A acusada deixou a delegacia de Ibotirama por volta das 16h. Apesar de responder ao processo em liberdade, ela não poderá deixar a cidade e deve comparecer ao Fórum quando intimida.

O Ministério Público denunciou também o padrasto do garoto, Roberto Carlos Magalhães Lopes, que segue preso. A Justiça acolheu a denúncia em janeiro contra ele e Santos, apontada como sua amante. Eles respondem por tentativa de homicídio qualificado (motivo fútil e meio cruel).

O pedido de liberdade provisória foi feito pelos advogados de defesa dela durante a primeira audiência do caso, realizada na semana passada. Na ocasião, foram ouvidas 11 testemunhas, sendo três por parte da acusada. A Justiça ainda não decidiu se ela irá a júri popular.

Lopes está internado num hospital em Bom Jesus da Lapa (BA), onde foi submetido a exames de sanidade mental. A Justiça aguarda os resultados.

Crime

O garoto foi internado no dia 13 de dezembro em Ibotirama e, devido à gravidade, foi transferido para Salvador. No começo de janeiro, a Justiça aceitou denúncia do Ministério Público e decretou a prisão preventiva do padrasto acusado de inserir agulhas no corpo do menino e de sua suposta amante.

Para a Promotoria, o casal usou de meio cruel para tentar matar a criança e teve motivação fútil, já que desejava se vingar da mãe do menino. Segundo o Ministério Público, Lopes confessou o crime durante interrogatório à Polícia Civil. O casal foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado.

Com informações da Folha Online

To Top
%d blogueiros gostam disto: