Meio Ambiente

Uefs/Feira – Pesquisadores criam jogo para ensinar ecologia e evolução

Um jogo que possibilita a estudantes um ambiente realista, permitindo a compreensão de processos ecológicos e evolutivos. Este é o resultado de pesquisa desenvolvida por professores de quatro universidades que criaram o jogo eletrônico Calangos, baseado na modelagem de um caso ecológico real relativo às Dunas do Médio São Francisco, no Estado da Bahia.

Calangos é um jogo de simulação e ação com visualização 3D em primeira ou terceira pessoa, no qual o jogador controla um lagarto de uma entre três das espécies endêmicas da região: Tropidurus psammonastes, Cnemidophorus sp. nov., e Eurolophosaurus divaricatus.

Trata-se de um jogo eletrônico educativo que deve funcionar como ferramenta de apoio ao ensino e aprendizagem de ecologia e evolução no nível médio de escolaridade. O professor de Computação da Uefs, Ângelo Loula, explica que não se trata de um jogo de exposição direta de conteúdos a serem aprendidos pelo estudante-jogador, mas de aprendizagem decorrente da experiência na tentativa de resolver situações-problema.

O público pode conhecer e fazer download de Calangos através da Internet: http://cafecientificossa.blogspot.com/.

A pesquisa é fruto de parceria entre a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Católica de Santos (Unisantos) e Universidade Presbiteriana Mackenzie, com o apoio do projeto Simdunas. O lançamento oficial de Calangos está previsto para 22 de março, às 18 horas, no Café Científico Salvador (Livraria Multicampi, na Rua Direita da Piedade, 20, Piedade, Salvador, BA).

No mesmo dia será lançado documentário sobre o desenvolvimento do jogo, dirigido por Daniel Dourado e produzido por Cristiano Britto, para a Olho de Peixe Filmes.

Com informações de Everaldo Góes, da Ascom/Uefs)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: